A arte de harmonizar vinhos e gastronomia revelada na união de duas culturas: Brasil e Argentina. Esta é a essência do 9º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado.

Desta vez, a capital do turismo gaúcho se prepara para uma programação enraizada na gastronomia e aberta a todos. O evento acontecerá entre os dias 05 e 15 de outubro, das 10h às 22h, em três pontos centrais da cidade: Rua Coberta, Praça Major Nicoletti e Rua Pedro Benetti.

O circuito gastronômico será composto por 18 restaurantes, quatro adegas brasileiras e oito bodegas para degustação de vinhos de Mendoza – capital argentina do vinho.

notícia, gourmetice, festival, gastronomia, gramado, serra gaúcha, rs, restaurantes, bodegas, adegas, jantares, harmonizados

Créditos: Cleiton Thiele / Divulgação | #pracegover: Foto com oito pratos redondos em porcelana branca com bolinho marrom claro, folhas verdes, quadrados roxo, emulsão marrom, sobre bancada de metal, pessoas ao fundo com aventais listrados de preto e branco e camisas brancas ao fundo.

Somam-se às comidas, mais de 20 pontos de venda de bebidas, que vão das cervejas artesanais da região das Hortênsias até as mais tradicionais vinícolas brasileiras e argentinas.

As vinícolas vão oferecer doses em taças, copos e garrafas para atender a todos os gostos e bolsos.

Diariamente, chefs, sommeliers, enólogos e demais experts em temas ligados à gastronomia apresentarão e ensinarão técnicas e receitas, degustarão vinhos, cervejas, whiskies, drinks, azeites e charutos para profissionais e entusiastas – atividades em sua maioria gratuitas.

Estão previstas ainda oficinas com enólogos mendocinos em parceria com a Wines of Argentina (WOFA) e um Tour Gastronômico – que acontece 30 dias antes da abertura oficial do festival. Será uma visita orientada para apresentação dos pratos inspirados em tradicionais ingredientes dos nossos hermanos e uma forma de aquecer a largada do Festival.

O 9º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado vem sendo estruturado desde novembro do ano passado e conta com a colaboração e curadoria de chefs e restauranteiros de Mendoza e Gramado.

A realizadora do evento – a Gramadotur – enviou uma equipe técnica para imersão em Mendoza. Foram escolhidos quatro destacados cozinheiros mendocinos – que atuam chefiando as cozinhas em algumas das mais renomadas e seletas bodegas do destino para integrar o festival.

Nomes como Matías Michelini, Juan Pablo Michelini, Sebastian Zuccardi e Alejandro Vigil participarão de degustações guiadas e de workshops com profissionais do segmento vitivinícola brasileiro.

Festins harmonizam vinhos às receitas brasileiras e argentinas

O ponto alto ficará por conta dos Festins – jantares harmonizados com vinhos – reservados para os dias 05, 06, 12, 13 e 14 de outubro. Os jantares têm vagas limitadas e vão demonstrar a integração das técnicas e ingredientes das duas culturas tema do evento.

Os pratos unificam os sabores de Brasil e Argentina ou reeditam receitas tradicionais dos dois países, com elaboração dos chefs: Sebastian Weingandt (Bodega Renacer), Patricia Roggerone (Bodega Norton), Matías Aldasoro (Bodega Zuccardi), e Santiago Maestre (Casa El Enemigo).

Cozinha experimental e muita música

Não será apenas de degustação a programação do 9º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado. Uma experiência prática na cozinha estará disponível durante todos os dias do festival.

O projeto Cozinha Experimental, realizado em parceria com o SENAC, vai oferecer oficinas gastronômicas com a participação de chefs argentinos e brasileiros. As receitas vão de carreteiro, pão de queijo e pudim até empanadas e alfajores.

O evento conta ainda com a participação especial do chef argentino – radicado no Rio Grande do Sul – Diego Andino. De forte influência na culinária francesa, Diego tem como carro chefe a mil folhas de doce de leite e a mistura de frutas silvestres nas suas receitas. A Diego Andino Pâtisserie carrega nove títulos de melhor doce da cidade de Porto Alegre, eleito pela premiação da Revista Veja Comer & Beber.

Além da gastronomia, o 9º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado também contará com uma extensa programação cultural com curadoria da Touche Cultural.

A co-curadoria argentina é do produtor e músico argentino, Polo Martí – consultor das orquestras filarmônica e sinfônica de Mendoza. Serão 70 espetáculos e shows artísticos dos dois países tema do festival.

A organização do evento e da Gramadotur, realização da Prefeitura Municipal de Gramado, co-realização da Abrasel e apoio institucional do Consulado Argentino.

Fonte: Divulgação