Em nossa mais recente viagem recente a São Paulo – e lá se vão alguns meses, desculpa a demora – minha noiva e eu decidimos dar um pulo até o Jamie’s Italian Brasil, restaurante da franquia do chef britânico Jamie Oliver, localizado no bairro do Itaim Bibi.

Leia também:
Jamie Oliver inaugura seu primeiro restaurante no Brasil

Na verdade, foram dois pulos.

Como não tínhamos reserva, resolvemos passar pelo restaurante sem acreditar muito que sequer conseguiríamos entrar pra conhecê-lo. Acabou que fomos recebidos com um tour guiado pelo gerente André que mostrou todas as instalações, desde o bar, a área de antepastos, a estação onde as massas são produzidas, passando pelo balcão onde os pratos são liberados pela cozinha e finalizados, até o mezzanino; além de explicar um pouco sobre como o restaurante funciona.

O lugar é demais! Bastante acolhedor e com um visual “rusticamente moderno” ;)

Na curiosidade de ter uma experiência completa no “Jamie’s”, o segundo pulo aconteceu. Voltamos no outro dia pro almoço e, apesar de termos chegado cedo, não conseguimos evitar de esperar um pouco na fila.

Depois de entrarmos no restaurante e nos acomodarmos em nossa mesa, resolvemos “dar início aos trabalhos” com dois drinks: um Mojito do Jamie’s Italian (rum, Martini Bianco, hortelã, suco de limão, finalizado com espumante Norton Brut) e um Três Limões (limão tahiti, cravo e siciliano).

review, gourmetice, jamie's italian brasil, são paulo, sp, drinks, mojito, três limões

Mojito do Jamie’s Italian e Três Limões

Já que estávamos a passeio e sem muitos compromissos, pedimos mais dois drinks: um Mojito de Gengibre (gengibre, açúcar mascavo, suco de limão, hortelã e club soda) e um Berry Blast (morango, maracujá, suco de limão e suco de cranberry).

review, gourmetice, jamie's italian brasil, são paulo, sp, drinks, mojito de gengibre, berry blast

Como entradas, escolhemos a bruschetta de abóbora assada e ricota (pão aromatizado com alho, abóbora assada, ricota perfumada com limão, sálvia crocante e beterraba) e cogumelos assados. A primeira entrada é simplesmente sensacional, seja pelo modo como ela é montada sobre uma tábua de madeira, seja pela combinação de cores e sabores dos ingredientes. O cogumelo – com apresentação mais comportada e sabor não tão marcante – te conquista pelo cheiro do queijo e das ervas já quando chega à mesa e não decepciona nenhum pouco.

Os pratos principais foram meias porções do Jamie’s sausage pappardelle (ragu de porco free range, erva doce com vinho tinto, parmesão e pangrattato com ervas) pra mim e do Nosso Famoso Linguine com Camarões (camarões salteados com erva-doce, tomate cereja, pimenta dedo-de-moça e rúcula) pra ela – acredite, é suficiente.

review, gourmetice, jamie's italian brasil, são paulo, sp, brownie, brownie épico, chocolate, sorvete, pipoca

Jamie’s Sausage Pappardelle (Fonte: Divulgação)

review, gourmetice, jamie's italian brasil, são paulo, sp, linguine, camarões

Nosso Famoso Linguine com Camarões (Fonte: Divulgação)

Ambos os pratos impressionaram pela apresentação mas deixaram um pouco a desejar no sabor, parecia que faltava um pouco de tempero, que tentamos compensar com o parmesão ralado à mesa pelo garçom.

De sobremesa, dividimos um Brownie Épico (servido com calda de chocolate, sorvete de caramelo e flor de sal, e pipoca camarelada com amaretto) e um tiramisu (preparado com café espresso, mascarpone, raspas de laranja e chocolate).

review, gourmetice, jamie's italian brasil, são paulo, sp, brownie, brownie épico, chocolate, sorvete, pipoca

Brownie Épico (Fonte: Divulgação)

Mais uma vez os sabores decepcionaram um pouco, enquanto o brownie temperado com sal e acompanhado de pipocas carameladas causou uma confusão no paladar, a suavidade exagerada do doce italiano fez com que ele passasse quase despercebido.

O atendimento, apesar de os pratos terem demorado um pouco pra virem à mesa, e a recepção no restaurante são nota 10, somados à experiência de comer em um lugar bacana e bonito :)

Nota: Fotografei tudo que pedimos à mesa porém, sob orientação da Assessoria de Imprensa, não pude publicar as fotos de alguns pratos por eles serem protegidos por lei. Como o menu é constantemente atualizado, é possível que os pratos que provamos não estejam mais disponíveis no cardápio.

O conceito Jamie’s Italian

Há sete anos, Jamie Oliver decidiu compartilhar com o mundo o que ele conhecia e amava sobre comida italiana. O Jamie’s Italian é inspirado em sua paixão pelo modo de vida italiano, especialmente da boa alimentação. Ele conta com o amigo e mentor Gennaro Contaldo para inovar e garantir a qualidade do conceito e do cardápio com criatividade, simplicidade e paixão genuína pelo que faz.

Conhecido por usar apenas ingredientes de alta qualidade, que promovem o bem-estar, Jamie Oliver faz questão de apresentar um menu autêntico, onde todas as receitas são experimentadas e testadas com o objetivo de se criar pratos fantásticos. Os ingredientes utilizados são sempre os melhores, cuidadosamente selecionados de fornecedores.

Toda a equipe é treinada para ter um conhecimento profundo sobre todos os pratos que são servidos – a origem de cada um, como eles foram criados e cozidos, além das personalidades e histórias por trás de todos eles.

O restaurante do Itaim Bibi (São Paulo)

Como nos demais restaurantes, a unidade paulistana também ganhou um design único, incorporando a personalidade da cidade. O espaço chama a atenção pelas paredes de vidros, madeira de demolição no piso e revestimentos, além do design italiano composto por maquinário, móveis, luminárias e louças – todos vindos do exterior.

São 500 metros quadrados de área construída, dividida em dois andares, com capacidade total para 228 pessoas. No inferior, o restaurante possui um bar, estação de massas, área de antepasto e salão com portas e teto retrátil. No superior, o mezzanino acomoda até 50 pessoas e conta ainda com a cozinha, onde os clientes podem acompanhar de perto todos os preparos.

A equipe, formada por 100 pessoas, recebeu treinamento em São Paulo do time inglês de Jamie Oliver. Entre setembro e novembro de 2014, um grupo de 10 pessoas (chefs, subchefs e gerentes) também foi treinado pelo time de Jamie na capital inglesa.

O Jamie’s Italian Brasil é o 51º restaurante da marca e o primeiro das Américas. O Jamie’s Italian número 1 foi inaugurado em 2008 na cidade inglesa de Oxford. Atualmente são 36 no Reino Unido e 16 filiais em países como Austrália, China, Emirados Árabes e Singapura.

O cardápio

Todos os ingredientes no cardápio do Jamie’s Italian são selecionados e seguem à risca o padrão da rede no mundo, com aprovação e homologação dos fornecedores pelo grupo Jamie Oliver. Entre os produtos importados estão geleia de pimenta, azeitona preta de Gaeta, presunto italiano San Daniele, carnes curadas e alguns pães.

As carnes são free range – onde os animais são criados livres e sem confinamento – as linguiças não possuem conservantes e os peixes são exclusivamente de maricultura.

Pastas (massas): penne pomodoro (com molho de tomate, alho, manjericão, mascarpone, muçarela de búfala e pangrattato); tagliatelle bolognese (ragu de carne de porco com vinho tinto e parmesão); Jamie’s sausage pappardelle (ragu de porco free range, erva doce com vinho tinto, parmesão e pangrattato com ervas); penne carbonara (pancetta crocante, alho poró e molho cremoso carbonara); lasagna al forno (recheada com delicioso ragu de carne bovina e suína, abóbora assada e vinho tinto); spaghetti alla norma (um clássico italiano à base de um rico molho de tomate, berinjela, orégano, pimenta dedo de moça e manjericão); spaghetti com almôndegas (almôndegas de carne, tomate, alho e vinho tinto); e risoto trufado (trufas negras picadas com manteiga e parmesão). Os preços variam entre R$29 e R$78 e há opções de meia porção.

Pratos principais: o frango al mattone (frango free range marinado, servido com molho cremoso de cogumelos selvagens, rúcula e parmesão – R$44) e a melhor salada de salmão (salmão curado com laranja e beterraba com saladinha cítrica de erva doce – R$38), estão entre os destaques.

Carnes: rump steak (miolo de alcatra marinado e grelhado, cogumelos Portobello, gremolata de limão e skinny fries – R$65); rib-eye steak (contra-filé grelhado, servido com mix de cogumelos, salada de rúcula, endívia e funky chips – R$64); e a picanha (com salsa verde, cole slaw colorida e funky chips – R$64), criada especialmente para o cardápio brasileiro.

Peixes: a cada dia uma sugestão de peixe de origem sustentável.

Bruschettas e Antipastis: lula crocante (lula frita, maionese de alho, limão e pimenta dedo de moça – R$25); prosciutto & melão (com mini muçarela de búfala e pesto de manjericão – R$34); e bruschetta de abóbora assada e ricota (pão aromatizado com alho, abóbora assada, ricota perfumada com limão, sálvia crocante e beterraba – R$24); são três das nove opções.

Tábuas: frios curados (R$42 por pessoa) e vegetais da estação (R$28 por pessoa). Ambas são servidas em tábuas com muçarela de búfala, pecorino e geleia de pimenta, seleção de picles, azeitonas, cole slaw crocante com limão e hortelã.

Acompanhamentos: posh chips (com azeite de trufa e parmesão – R$16) e polenta chips (com sal de alecrim e parmesão – R$14).

O cardápio ainda oferece os especiais do dia – da estação e pratos clássicos. O cardápio infantil é nutricionalmente equilibrado e possui um combo que conta com três opções de pratos principais (tagliatelle à bolonhesa, mini hambúrguer e espetinho de frango orgânico), salada e suco (R$29).

Na parte do bar, o cardápio destaca 26 rótulos de vinho, todos internacionais, entre eles: Barolo e Dolcetto D´Alba (tinto) e Salviano Orvieto (branco) e os preços variam entre R$74 e R$784; sete tipos de caipirinhas, criadas com exclusividade para a unidade paulistana, como uvas com basílico e tangerina com pimenta (de R$19 a R$35); e spritzes, encontrados em qualquer Jamie’s Italian do mundo, como Aperol (R$25) e Campari (R$35).

Para saber mais sobre o Jamie’s Italian Brasil, acesse o site e a página no Facebook.

Fonte: Assessoria de Imprensa